Wednesday, April 22, 2009

Lava roupa todo dia, que agonia 1

Inaugurando a minha série de conversas de lavanderia, começo com um fato inusitado, algo que jamais pude imaginar antes da mudança para Lyon. Acostumado a lavar boa parte da roupa fora de casa, chegando aqui, não tive duvidas: Deixei as máquinas de lavar e de secar desligadas e terceirizei completamente a tarefa.

Um dia, a moça da "5 à Sec" me avisou: Houve um furto na loja e as suas roupas sumiram. "Quel surprise!" O meu acerto foi direto com a seguradora, o que causou uma longa espera e uma pequena perda. Não gostei do incidente e mudei de lavanderia.

A pequena história ilustra que os assaltos são raros por aqui, mas os furtos, nem tanto. Por outro lado, o furto foi possível pois as lavanderias são tocadas por apenas uma ou duas pessoas. Basta uma ida ao toilete que o negócio fica desguarnecido.  Uma operação minimalista, assim como qualquer pequeno negócio em solo gaulês.


Foto: De alguns finais de semana atrás, em Saint-Victor-sur-Loire, com foco no seu centrinho de 1000 anos. A vila medieval fica na periferia de Saint Etienne.
Post a Comment