Tuesday, June 15, 2010

Gália profunda

Sempre digo aos meus colegas franceses, que o país precisa de um banho de capitalismo. Eles não gostam e defendem o aparato social desenvolvido durante as últimas décadas. Por outro lado, acenam com um voto cada vez mais à direita, garantindo a reeleição do Sarkô, apesar dos seus abissais índices de popularidade.

De alguma forma, o povo sabe que o remédio para a França não está mais no ideário socialista. Além de tudo, a fogueira das vaidades do PS incomoda mais do que o estilo esnobe do Sarkô e seu ridículo casamento de fachada. A mobilização da direita para a eleição presidencial já começou.

Depois das festas gigantes organizadas pelo Facebook, a última moda francesa são os mega eventos, regados a vinho e porco. Mais precisamente, sopa de porco ou salsichão. Segundo os organizadores, é a restauração do melhor tradição gaulesa. A intenção é aberta e declarada: Muçulmanos de fora. Os ultralaicos e a extrema direita estão juntos contra a islamização de alguns bairros das metrópoles francesas.


Foto: Dia de festa na cidade mais charmosa da Alsácia, Riquewihr. Até a guarda napoleônica desfila na principal rua da cidade, a onipresente General de Gaulle.

Post a Comment