Friday, May 15, 2009

Procura-se um craque 3

Mudando de assunto, mas ainda atrás de um craque, vou ao encontro de um ás no volante: O mal falado Barrichello. Pé de chinelo para alguns, burrinho para outros. Pelo menos, o Brasil fala dele. Na Europa ele é completamente ignorado. Uma nulidade.

A Brawn faz dobradinha: Jenson e seu companheiro vencem. Falam sobre uns dez pilotos e pulam o Rubinho. No último GP, entretanto, Rubinho foi lembrado com um certo escárnio, pelo papel que desempenha na F1.

Sem querer discutir as suas supostas qualidades como piloto, ele vem exercendo uma das melhores profissões do mundo há alguns anos. Ele é pago para não ganhar. Não precisa correr riscos em ultrapassagens arriscadas e não precisa dirigir no limite do carro. Basta chegar atrás de um europeu. Não tenho nada contra o Rubinho, mas preferia que ele fosse argentino.


Foto: Outra tomada do Château de Busset, a partir dos jardins. 
Post a Comment