Thursday, October 8, 2009

Twitter

Estou tuitando há pouco mais de um mês. Entrei no Twitter como mero observador, mas é difícil ficar só assistindo. Depois de uma semana, já estava espalhando meus tweets, seguindo diversos serviços de informação e vários amigos.

A idéia do microblog é genial. Descontando-se os abusos, ou seja, aqueles que tuitam em excesso ou colecionam seguidores, o conceito chegou para ficar. Eu já mudei a maneira de consultar a Web. Antes, surfava aleatoriamente por alguns sites. Hoje, sigo as recomendações dos colegas, através dos seus tweets. Enfim, vou aos sites que foram indicados. A seleção é feita por amigos e colegas e não por um robot.

A oportunidade de se fazer um chat múltiplo e aberto também é interessante. Sintetizar tudo em até 140 caracteres é um belo desafio.

O lado mais idiota do Twitter é seguir as estrelas da Globo ou colecionar seguidores. Não é necessário muito esforço para colecioná-los, existem artifícios para tal. Eu fiz um perfil falso para testar. Baseado no simples princípio de reciprocidade (eu te sigo, você me segue), consegui arrebanhar centenas de seguidores. Provavelmente, eles não darão a mínima para o que "eu" escreva. A recíproca é verdadeira.

O Twitter está infestado de perfis falsos, criados de forma automática, geralmente a serviço da indústria do sexo e de outros pilantras. Quem conhece a Internet, já está acostumado.

Do lado infeliz desta experiência destaco que entrei no jogo Mobster World, que não é um vírus, mas funciona como tal, espalhando tweets para todos seguidores. Mais estranho foi o “phishing” no Blogger, onde mostro os tweets mais recentes.

Se o Twitter vai balançar o Google, a Microsoft ou o Facebook é uma outra história. Sem dúvidas, todos eles vão aprender e incorporar conceitos do Twitter. Por enquanto, nós vamos tuitando!

Foto: Duas fotos em Omaha Beach. Abaixo, a visão geral da praia. Acima, um dos diversos memoriais. Omaha Beach é uma praia comum. Mesmo no verão, não se parece nada com uma praia disputada do litoral norte paulista ou do Rio. Bem, no dia 6 de junho de 1944, ela estava um pouco diferente. Clique aqui para ver a foto histórica.

A conjugação do verbo tuitar foi sugerida por Gilson Pessoa.


Post a Comment