Wednesday, July 14, 2010

Canicule

Após três anos de sucesso, no meu quarto verão em Lyon, não consegui escapar da "canicule", a onda de calor que, excepcionalmente, toma conta da França. Evito passar o mês de agosto por aqui, pois é muito quente. Entretanto, há coisas que nem o polvo Paul pode prever. Depois de uma primavera sofrível, veio uma sequência de dias com temperaturas na casa dos 40 graus. Para piorar, mesmo à noite, o termômetro não sai dos 30 graus.

O tempo é excelente para quem já está de férias. A partir dos primeiros dias de julho, Lyon fica bem mais vazia. Ao contrário de Paris, a população local não chega ser totalmente substituída por turistas. Lyon fica morta até o final de agosto.

Já Paris, tem alguns graus a menos no termômetro e alguns milhões a mais de turistas. A volta dos brasileiros e americanos é comemorada pelo comércio local. Até mesmo a capital mundial do turismo não pode abrir mão dos nossos perdulários compatriotas! Outro grupo cada vez mais presente, são os chineses.

Fazer turismo em Paris em julho e agosto é quase certeza de tempo bom. Mas também tem muita fila e péssimo atendimento. Consegui aproveitar os meses de agosto de 2007 a 2009, com roteiros alternativos, conhecendo diversas regiões como Provence, Périgord, Normandia, Languedoc, etc. Foram raríssimas as filas. Se você curtir uma fila e não se contentar com a espera das atrações parisienses, o jeito é ir para Shanghai ver a Expo 2010.


Fotos: Vistas do Château du Haut-Kœnigsbourg, originário do século XV, mas totalmente reconstruído no início do século XX, quando a Alsácia estava sob domínio alemão. A faraônica obra de reconstrução tinha como objetivo consolidá-lo como símbolo de uma Alsácia germânica.
Post a Comment