Saturday, February 14, 2009

Fanatismo 1

O bicentenário de Darwin tem sido bastante comentado. A maioria dos artigos da imprensa européia mostra como as idéias do naturalista inglês integraram-se às últimas descobertas da genética, formando um sólido capítulo da biologia.

Na Europa, a Teoria da Evolução Natural é aceita por cerca de 80% da população. A minoria relutante constitui-se de fanáticos de todas as religiões. Em alguns redutos islâmicos nas periferias das grandes cidades, os pais ensinam aos filhos: "Na escola você diz que acredita. Aqui em casa, a Ciência e a História são diferentes".

Algumas notas saíram sobre países onde muitas pessoas acreditam no creacionismo. São lugares altamente desenvolvidos como Paquistão, Indonésia e Malásia. Obviamente, nenhuma surpresa.

Decepcionante mesmo é o índice de rejeição a Darwin nos Estados Unidos. Há uma grande correlação estatística entre os creacionistas americanos e aqueles que não votaram em Obama. (Alguém precisa de mais explicações?) A recente administração Bush mostra que o fanatismo cristão não é coisa do passado.


Foto: Ainda no vilarejo de Saint-Maurice-sur-Loire. Atrás da casa típica, a torre que restou do antigo castelo.
Post a Comment