Monday, April 6, 2009

Açúcar dá cana!

Assim como os produtores de rosé, o mundo dos vinhos é difícil para muita gente, mesmo nas abençoadas terras da Gália. Um outro episódio recente vem de Beaujolais, região ao norte de Lyon, que tem abastecido este blog com diversas imagens.

Mais de 50 produtores locais foram condenados pelo terrível crime de se colocar açúcar no vinho a fim de aumentar o seu teor alcoólico. Na verdade, existe uma quantidade de açúcar tolerada e que não foi respeitada. Aqui na França, isto é jogo sujo. Açúcar dá cana!

O esquema envolvia muita gente: Produtores, comerciantes e distribuidores. Foram centenas de milhares de euros em multas e prisões (com sursis). Para os pequenos produtores, foi um golpe duro. Sofrendo com a concorrência de países que não respeitam as rígidas regras da França e com as péssimas condições climáticas daquele ano, buscaram a saída fácil. Pagaram caro.

Enfim, acredito que inúmeros pequenos produtores franceses vão dançar, por falta de competitividade. Não dá para competir com o novo mundo, quando o assunto é vinho comum. Resta à União Européia a opção de facilitar um pouco a vida deles através da desregulamentação.

A França, em particular, tem o privilégio de possuir as áreas vinícolas mais nobres do mundo. Os grandes e pequenos dos melhores terroirs não estão ameaçados, o vinho comum francês sim.


Foto: Ultimo domingo em Tournus, na Borgonha. A pequena cidade às margens do Saône é famosa pela abadia de Saint-Philibert (ao fundo) e por ter sido berço do artista Jean-Baptiste Greuze.
Post a Comment