Tuesday, August 4, 2009

Ex-cola

O fim dos livros e jornais é tema recorrente das discussões do Blogger e do Facebook. Vi uma troca interessante sobre o fim dos livros escolares e acadêmicos. Como cheguei tarde para o debate, deixo a minha opinião neste post, aguardando vossos comentários.

Muitas escolas e universidades virtualizam-se rapidamente. Todas as referências, notas de aulas, testes e as informações sobre o próprio curso são distribuídas através da Internet.

A evolução é bastante lógica, pois existe um apelo prático e econômico. O acesso à rede é normalmente fornecido pelas instituições de ensino e a aquisição de computadores já não é mais problema.

Acredito que a verdadeira revolução seja outra. No mundo da Web, onde temos todas as informações disponíveis na palma da mão, o desafio não é melhorar a forma de se transmitir o conhecimento, mas discutir o conhecimento transmitido em si. Não deveríamos perguntar se adotamos ou não a grande rede na sala de aula, mas:

o O que a sociedade espera dos formandos do futuro?
o Qual é o papel da escola na formação de um profissional que terá acesso a um mundo de informações e ferramentas cada vez mais poderosas?
o O que jamais poderá ser substituído pela Web?

Não vou responder às perguntas, mas eu daria uma boa chacoalhada nos currículos. Provavelmente, tem gente que já percebeu isso há muito tempo.
 
 
Foto: Ainda em Munique, o Deutsches Museum, excelente para quem gosta de ciência e tecnologia. O foco deste tipo de museu é sempre a juventude, mas tem muito marmanjo que se diverte. Acima, a ala da aviação. Abaixo, o prédio.




Post a Comment