Friday, May 21, 2010

Os «apéros» do Facebook

As festas organizadas via Facebook viraram um problema público. Não soube de algo do gênero no Brasil, mas sei que o fenômeno tem se repetido em vários países. Na França, quase 25% da população tem uma conta no Facebook. A moda de organizar festas e convocar os “amigos” virtuais pegou.

Não precisa ser um grande matemático para se imaginar o efeito de festas abertas numa rede como essa. Daquelas em que chamamos os amigos, que chamam os seus amigos, que chamam os seus amigos e assim por diante. De repente, surgem festas com 100, 1000 ou 10000 pessoas. Pode ser normal para São Paulo. Para as cidades francesas é demais! O governo forçou o cancelamento de uma festinha em Lyon, que já tinha 20 mil confirmações. Na última grande balada via Face, em Nantes, alguém bebeu além da conta e sofreu um acidente fatal.

O governo deixou claro: Ninguém deve se proteger pelo anonimato da Web. Quem quiser fazer festa gigante, que se apresente e organize o evento junto com o poder público.


Foto: Ainda no porto de Hendaye, a visão do centro da cidade.

Post a Comment