Sunday, August 9, 2009

Protestante da corte

A confirmação da hispânica Sonia Sotomayor na Corte Suprema é outro marco histórico da democracia norte-americana. Mais uma mulher, mais uma católica e, ainda por cima, hispânica!

Há algumas décadas, uma Corte Suprema de maioria católica talvez fosse tão inimaginável como um presidente negro. Havia uma cota informal de no máximo um católico e um judeu. Literalmente, o judeu e o católico da corte.

Hoje, são seis católicos, dois judeus e apenas um protestante. Embora a reviravolta se afaste da proporcionalidade à população norte-americana de maioria protestante, tudo indica que, do ponto de vista ideológico, o equilíbrio está garantido. Quatro mais liberais, quatro mais conservadores e um juiz indefinido (um tucano?), que provavelmente vai decidir as questões mais polêmicas.

Nenhum artigo que eu li manifestou preocupação importante com a configuração da corte em si, mas com o próprio histórico da juíza Sotomayor. Ficaremos de olho!


Foto: Um bistrô escondido entre as árvores à beira do rio Aillier, em Vichy, numa foto de maio último.

Post a Comment