Wednesday, March 3, 2010

Enquanto isso, na TV francesa... - Parte 2

Numa floresta, o corvo e o rouxinol passavam o dia a cantar sobre um galho de uma árvore. Um mais empolgado do que o outro, até que de repente, estavam em franca competição para ver quem cantava melhor. "Eu canto melhor", dizia o corvo. "Não, sou eu o melhor cantor", respondia o rouxinol. E ficaram assim por algum tempo, sem saber como decidir a questão. Eis que um leitãozinho estava passando sob a árvore. O corvo e o rouxinol não perderam tempo e o convidaram para julgar a acirrada disputa musical.

Os dois pássaros passaram a cantar para o atencioso leitão, que após uma profunda reflexão, pronunciou o veredito: "O corvo canta melhor". Enquanto o corvo comemorava, o rouxinol derramava-se em lágrimas. O leitãozinho então disse ao rouxinol: "Normal que você esteja chorando, afinal você perdeu". E o rouxinol respondeu: "Eu não estou chorando por que perdi, mas por que fui julgado por um porco".


A pequena fábula, no estilo de La Fontaine, talvez seja a melhor resposta para o post anterior. O mais curioso é que a fonte foi a própria televisão francesa, mais precisamente, o programa do jornalista Laurent Ruquier ("On n'est pas couché"), uma mistura de talk-show com debate muito apreciada na França.

Uma das atrações do programa é a dupla de críticos Éric Zemmour e Éric Naulleau, que não costumam poupar críticas aos convidados, geralmente escritores e políticos. Os dois Éric são bastante cultos e inteligentes. Em termos políticos, um está mais à direita (EZ) e outro, à esquerda (EN). Normalmente, eles conseguem encontrar as fraquezas e as incoerências dos seus convidados, que nem sempre reagem bem.

Dois conhecidos dos brasileiros, Jacques Attali e Bernard Tapie, abandonaram a gravação do programa. Sabe-se que muitos políticos do governo e da oposição fogem do convite de Ruquier. Para nossa surpresa, o programa passa num canal público, retratando uma considerável liberdade de expressão. Foi o diretor de teatro Patrice Leconte que tirou do bolso a fábula do corvo e do rouxinol, após as duras criticas de Zemmour.

Cenas de "On n'est pas couché"
Patrice Leconte (O corvo e o rouxinol)


Foto: O pequeno núcleo comercial no corredor que dá acesso à abadia do Monte Saint-Michel, na Normandia.
Post a Comment