Tuesday, March 16, 2010

Gregos e troianos

O deputado europeu Daniel Cohn-Bendit, ex-líder do movimento estudantil de 68 e atual líder da bancada ecologista, esbravejou em pleno Parlamento contra a fraqueza da região perante a tragédia grega (literalmente).

A Grécia, a beira de uma guerra civil, precisa apertar o seu orçamento e reduzir o déficit em 4% do PIB. Os cortes do governo certamente deixarão muitos gregos na mão. Cohn-Bendit tem razão. Enquanto a Grécia está cortando a carne, esquece-se que ela gasta os tubos com armamentos.

Fui ao site da CIA conferir alguns números. O Brasil e França gastam 2,6% do PIB em despesas militares, a Grécia gasta 4,3%. Tudo isso por causa de um conflito idiota com a Turquia em torno de Chipre. Perto dos conflitos que assolam o planeta, este parece simples, ainda mais que os dois países pertencem à União Européia. Bastaria uma arbitragem definitiva e um acordo para resolver a questão. Talvez um pouco de boa vontade.

Enquanto a tensão entre Turquia e Grécia puder ser mantida, a situação está ótima. Os EUA armam a Turquia e a França arma a Grécia. Bom para gregos e troianos.



Foto: Neste final de semana, voltei ao Château Lacroix-Laval nos arredores de Lyon . Desta vez, não foi para passear, mas para almoçar na Orangerie de Sébastien, instalada no castelo. Enfim, sempre que aparece uma visita por aqui, eu arranjo uma desculpa para uma farra gastronômica.

Post a Comment